quarta-feira, 6 de agosto de 2014

6 de Agosto de 2014

Imensas desculpas pela ausência, pela minha falta de dedicação/ imensa preguiça, pelo cão do vizinho e pela gata do colega de trabalho, etc, etc, etc.

Sim este post resume-se a um monte de desculpas escritas para as beldades que me seguem e para os leitores perfeitos do meu blogue que só não me seguem porque não têm conta google, ou simplesmente não têm juízo nenhum nessa cabeça! Mas afinal quem é que não tem uma conta google nos dias de hoje?

Lamento imensa e profundamente não ter criado o template a que me comprometi comigo próprio na altura em que me lembrava que tinha um blogue. Também quero salientar que nunca fui bom da cabeça por isso é que o blogue desapareceu de um dia para o outro e hoje reactivado. Decidi talvez por demasiada estupidez escrever mais outra porcaria que me lembrei. Faz-me bem desabafar sobre esta vida de cão super cansativa. Obrigado por me aturarem, depois deste terrível dia de praia com imenso calor acompanhado de gelado deliciosamente nojento, vários mergulhos naquele mar salgado onde meio mundo mija, um passar pelas brasas enquanto estava deitado, GRAÇAS A DEUS, com uma toalha por cima daquela preciosa areia quente! Pronto como podem ver estar de férias é terrível, não faço pão da vida e ainda por cima estou cansado como se vivesse constantemente numa passadeira a correr sem dormir...!


sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Muitos caracois para o meu intestino

Não, eu nunca comi caracóis, não consigo só o cheiro enjoa-me. O título simplesmente me saiu porque penso relacionar-se com o que estou prestes a escrever. Normalmente escrevo no papel ou no bloco de notas no computador e reescrevo e releio os meus textos. Hoje vou simplesmente escrever e publicar portanto, peço um desconto nas falhas que poderão surgir.  

Muitos caracóis mesmo para o meu intestino. A minha vida anda e seria estranho senão andasse à roda. Esta idade teenager que tenho e a pessoa que eu sou complica tudo. Para mim tudo tem 50% de bom 50% de mau, até a falsidade já que eu aprecio 99% a honestidade. Meu problema: eu sei que é assim, mas ou penso muito mal ou penso muito bem, um bocado 8-80. 

Às vezes penso que escrevo bem e adoro os meus textos por outro lado sei que devia escrever coisas mais alegres. Assim uma pessoa até deprime de entrar neste blogue. Lamento, não se encontram disponíveis textos à "tá fixe" etc. São muitas coisas que me dão a volta aos intestinos e à cabeça. Uma pessoa não descansa até mais no bom do que no mau sentido porque agora sinto-me feliz. Apesar da barreira que tenho.



terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Feliz Natal

Amanhã partilho as minha prendas com vocês e escrevo aqui mais um textinho dos meus <3 Divirtam-se com os vossos e obrigado por estarem comigo na blogosfera :)